No JOTA, Luciano Godoy comenta a proibição de juízes reconhecerem de ofício a abusividade de cláusulas em contratos bancários

Em matéria publicada pelo JOTA no dia 10 de julho de 2017, Luciano Godoy foi entrevistado sobre a possibilidade de mudança da Súmula 381 do Superior Tribunal de Justiça, que proíbe os juízes de, nos contratos bancários, reconhecerem a abusividade das cláusulas sem provocação das partes.

Para ler a matéria na íntegra, clique aqui.