No Valor Econômico, Matheus Bueno de Oliveira fala sobre a possibilidade de sócios ocultos participarem de negócios e receberem dividendos isentos

Na edição do dia 24 de outubro, nosso sócio da área de Tributário, Matheus Bueno de Oliveira, comentou a decisão do Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) que permitiu que sócios ocultos de sociedade em conta de participação desempenhem atividades empresariais e recebam dividendos isentos de tributação.

Segundo ele, o julgado é importante para regulamentar uma situação que já existe na prática.

Clique aqui e leia a reportagem na íntegra.