Em broadcast publicado pelo Estadão, Rubens Vidigal Neto comentou sobre a possibilidade de modernização da instrução da Comissão de valores Mobiliários (CVM) sobre fundos de investimento em direitos creditórios (FIDCs)

Na edição de 05 de novembro, nosso sócio de Mercado de Capitais e Bancário, Rubens Vidigal Neto, negou que os investimentos em FIDCs sejam de alto risco, ressaltando o bom desempenho deste tipo de operação.