Luciano de Souza Godoy2018-09-11T14:22:38+00:00

Luciano de Souza Godoy

Sócio

Escola de Direito da Fundação Getúlio Vargas – FGV, São Paulo
Professor dos cursos de graduação e mestrado GV Law

Columbia Law School, E.E.U.U.
Visiting Scholar

Universidade de São Paulo, São Paulo
Mestrado e Doutorado em Direito Civil

Universidade de São Paulo, São Paulo
Graduação em Direito

Foi Juiz Federal e Procurador do Estado de São Paulo

Membro do corpo permanente de árbitros da Câmara de Arbitragem da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP/CIESP) e da Câmara de Mediação e Arbitragem da Sociedade Rural Brasileira (CARB)

Membro do Conselho Superior de Assuntos Jurídicos e Legislativos da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP)

Membro do Conselho Consultivo do Centro de Arbitragem e Mediação da American Chamber of Commerce for Brazil (AMCHAM)

Rankings

Dispute Resolution  (2018, 2017, 2016, 2015)

Dispute Resolution (2019, 2018, 2017, 2016, 2015)

Bankruptcy and Restructuring (2018, 2017, 2016, 2015, 2014)
Dispute Resolution (2016, 2015)
Projects and Infrastructure (2018, 2017, 2016)

Dispute Resolution (2017)
Energy and Infrastructure (2017, 2015)

Commercial Litigation (2017, 2016, 2015, 2014)

Oil & Gas (2016, 2015)

Área de atuação: Contencioso e Arbitragem
Idiomas: Inglês, Português

CONTATO

T +55 (11) 3093-8333
luciano@pvg.com.br

Destaques de Luciano de Souza Godoy

Mercado ilegal brasileiro: o barato que sai caro

Crise política e econômica, desemprego e recessão. A confluência desses elementos transformou o Brasil em um ambiente ruim para os negócios. Mais: deu impulso ao...

O princípio da preservação da empresa ou a vontade da maioria dos credores:...

Atualmente, muito se discute sobre a concessão de recuperação judicial a empresas que se encontram em situação financeira que inviabilize a manutenção de suas atividades.

A desconsideração da personalidade jurídica e a crescente valorização da arbitragem pelo Poder...

A arbitragem tem por principal fundamento a autonomia da vontade das partes. A jurisdição arbitral decorre de um contrato e, portanto, da expressão jurídica da...